O mercado dos carros elétricos continua a crescer um pouco por todo o mundo. E com esse crescimento, começam a surgir cada vez mais ofertas no mercado de carros elétricos usados. Os preços são atrativos, mas ainda existe um certo receio acerca deste investimento. Principalmente, quando se menciona a longevidade das baterias. 

Neste guia, vamos olhar primeiro para as vantagens de comprar um carro elétrico usado. E depois, partimos para as melhores práticas na altura de escolher o seu. 

Quais são as vantagens de comprar um carro elétrico usado?

1# Valores mais amigos da carteira

A grande desvantagem dos elétricos em relação aos carros convencionais ainda é o preço. Ao comprar um carro elétrico usado, consegue poupar dinheiro e ter todos os benefícios de um elétrico.

Atenção: A compra de carros elétricos usados não pode beneficiar do apoio do Fundo Ambiental. Este incentivo destina-se apenas a elétricos novos.

2# Apoio à economia circular

Ao comprar um carro elétrico usado, está a ser amigo do ambiente a dobrar, uma vez que está a comprar um carro sustentável e, em simultâneo, a reutilizar um produto existente.

3# Benefícios fiscais

Os carros elétricos, sejam novos ou usados, têm direito a alguns benefícios fiscais, como a isenção do IUC. 

No entanto, para garantir que usufrui de todas estas vantagens, é importante que saiba escolher um carro elétrico usado em bom estado. E para isso, basta seguir o nosso guia abaixo.

O que ter em conta ao comprar um elétrico usado

1# Defina a autonomia importante para si

Antes de comprar um carro elétrico usado tem de saber o uso que lhe vai dar. Quantos quilómetros por semana fará com o carro? Isto ajudá-lo-á a escolher um carro elétrico usado ao melhor preço para si. Por norma, quanto maior a autonomia do carro, maior o seu preço. Por outro lado, também lhe poderá ajudar a escolher entre um carro 100% elétrico ou um híbrido.

2# Prefira usados certificados 

O primeiro ponto vai para a confiança do vendedor. Um carro usado, quer tenha motorização convencional, quer seja elétrico, quer-se certificado. Isto quer dizer que antes de chegar ao stand o carro passou por um processo de revisão e certificação que assegura o bom estado do veículo.

3# Atente ao número de quilómetros e à idade

Um dos maiores receios ao comprar um carro elétrico usado é o estado das baterias. A maioria dos fabricantes atuais no mercado dão uma garantia de cerca de 8 a 10 anos para as baterias. Altura a partir do qual é provável que elas comecem a perder a sua capacidade. 

Assim, ao escolher um carro elétrico usado, escolha um com poucos quilómetros e com pouca idade. Desta forma, assegura-se que a bateria está praticamente nova e que possivelmente ainda tem a garantia do construtor. 

4# Verifique o estado do cabo de carregamento e peça para testar o carregamento

Todos os carros elétricos devem ser acompanhados pelo cabo de carregamento. Verifique se está em bom estado e antes de comprar o carro, peça para testar o carregamento do mesmo. 

5# Faça um test-drive

Se nunca conduziu um elétrico, experimente fazê-lo antes de comprar um carro elétrico usado. Não só se assegura que todos os componentes essenciais à condução e segurança do veículo estão em bom estado, como saberá melhor se gosta ou não da condução de um elétrico.

Lembre-se que os carros elétricos têm todos caixa de velocidade automáticas e muitos deles, como o Nissan Leaf, têm apenas um pedal que tanto serve para travar como para acelerar.

6# Inspecione a chaparia, pintura e pneus

Como em qualquer usado, há que fazer uma inspeção geral ao estado do carro. A chapa, a pintura e os pneus são os pontos a que deve estar mais atento. Se encontrar algum risco ou se os pneus estiverem demasiado gastos, poderá conseguir renegociar o valor do carro por um valor mais atrativo para si.